COMER É UM ATO DE AMOR!


Por Renata Rothen – Nutricionista – Mestre Em Patologia – Educadora em Diabetes do
Hospital Sapiranga – renataer@hotmail.com


Comer faz parte do nosso processo biológico, sensorial, emocional e cultural. A variedade e a qualidade dos alimentos consumidos nos fornecem nutrientes que nutrem nosso corpo, cérebro e sentimentos.

Comer é um ato de amor, pois une as pessoas, restabelece e fortalece laços de amizade, respeito, ternura. Remete a lembranças de carinho e felicidade, da infância, de momentos bons e divertidos, de celebração, de sentar-se a mesa e compartilhar o alimento com pessoas queridas.

Proibições e restrições alimentares, tirando grupos alimentares sem necessidade, podem levar a frustrações, tristeza e aumento da ansiedade e apetite, gerando perda de controle sobre a ingestão dos alimentos. Esse descontrole, leva ao sentimento de culpa. Essa culpa faz com ...

Ano 23 :: Edição Nº 278 :: Maio.2018